Blog de Formação

ENCONTRO PERDÃO DE ASSIS



By  Juventude Franciscana JUFRA) do Brasil     08:00     

Perdão de Assis

"O perdão de Deus não tem limites; ultrapassa toda a nossa imaginação e alcança toda e qualquer pessoa que, no íntimo do coração, reconheça ter errado e queira voltar para Ele. Deus vê o coração que pede para ser perdoado". Papa Francisco

Ambiente: Cruz de São Damião, bíblia, São Francisco de Assis, Santa Clara, Nossa Senhora dos Anjos, um pequeno cartaz escrito PERDÃO.

Oração Inicial:
Mantra: Misericordioso é Deus/ Sempre, sempre O cantarei! /

Cristo se entregou por nós para remissão dos nossos pecados, o Pobrezinho de Assis querendo se assemelhar a Ele, quis partilhar o amor misericordioso de Deus através do pedido da indulgência plenária.
Em um momento de oração na capelinha da Porciúncula, Francisco viu Cristo acompanhado da Senhora dos Anjos, e com grande humildade e sabedoria, ousou pedir a salvação das almas. Salvação que só pode ser concedida através do arrependimento sincero e do perdão das faltas, proveniente do diálogo amoroso com Deus.
Cristo nosso irmão, manifestação do amor misericordioso de Deus, em uma de suas parábolas convidou os seus discípulos a uma reflexão sobre o amor misericordioso do Pai.
Ouçamos a palavra de Deus:

Evangelho: Mateus 18, 21-27
21 Pedro dirigiu-se a Jesus perguntando: “Senhor, quantas vezes devo perdoar, se meu irmão pecar contra mim? Até sete vezes?” 22 Jesus respondeu: “Digo-te, não até sete vezes, mas até setenta vezes sete vezes. 23 O Reino dos Céus é, portanto, como um rei que resolveu ajustar contas com seus servos. 24 Quando começou o ajuste, trouxeram-lhe um que lhe devia uma fortuna inimaginável. 25 Como o servo não tivesse com que pagar, o senhor mandou que fosse vendido como escravo, junto com a mulher, os filhos e tudo o que possuía, para pagar a dívida. 26 O servo, porém, prostrou-se diante dele pedindo: ‘Tem paciência comigo, e eu te pagarei tudo’. 27 Diante disso, o senhor teve compaixão, soltou o servo e perdoou-lhe a dívida.
(Momento para reflexão)
Vivemos em um mundo necessitado de perdão, muitas pessoas se fecham no ódio e no rancor, e se sentem incapazes de perdoar. Francisco em sua humildade, nos convida a celebrar o Perdão de Assis, a abrindo-nos a misericórdia de Deus e testemunhando a misericórdia com os irmãos, promovendo a alegria da serenidade e da paz aos corações.
Façamos do nosso coração uma pequena Porciúncula, e confessemos a Deus com todo o coração e com voz de exultação e louvor:

Exortação ao louvor de Deus (S. Francisco de Assis)

D. Temei ao Senhor e prestai-lhe honra.
T. Digno é o Senhor de receber o louvor e a honra.
D. Todos vós, que temeis o Senhor, louvai-o.
T. Ave Maria, cheia de graça, o Senhor está contigo.
D. Céu e terra, louvai-o.
T. Rios todos, louvai o Senhor.
D. Este é o dia que o Senhor fez, exultemos e alegremo-nos nele.
T. Aleluia, aleluia, aleluia! "Rei de Israel"
D. Tudo que respira louve o Senhor.
T. Louvai o Senhor porque é bom;
D. todos os que ledes estas palavras, bendizei o Senhor.
T. Todas as criaturas, bendizei o Senhor.
D. Pássaros todos do céu, louvai o Senhor.
T. Crianças todas, louvai o Senhor.
D. Moços e moças, louvai o Senhor.
T. Digno é o Cordeiro que foi imolado, / de receber louvor, glória e honra.
D. Bendita seja a santa Trindade e a indivisa Unidade.
T. São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate.



PERDÃO DE ASSIS

“Conheceu por exemplo que o lugar de Santa Maria da Porciúncula era repleto de mais copiosa graça e frequentada pela visitação dos espíritos celestes... Cuidai filhos para nunca deixares esse lugar” 1Cel 106,2-3

No ano de 2016 a Família Franciscana celebrou os 800 anos do Perdão de Assis, mas o que é isso?
Francisco recebe de presente do abade do Monte Subásio a pequena capela da Porciúncula. Nosso Pai Seráfico amava com predileção aquele local, foi ali que viveu com seus irmãos a primavera de sua vocação, foi ali o local aonde reuniu seus primeiros companheiros, local de resistência, oração e dedicação. Foi ali que recebeu Santa Clara a vida consagrada e foi ali que completou seus dias sobre a terra.
Certa noite em 1216 Francisco desperta-se de um sonho ao qual o senhor fala que ele dirija-se ao papa para pedir que todos aqueles que se confessarem e visitarem a Porciúncula no dia da sua consagração obtivessem a “Remissão de todas penas temporais deixadas a seus pecados”. Logo cedo Francisco segue em direção a Perugia, cidade em que o Papa encontrava-se, junto com seu irmão Frei Masseo para falar com o papa Honório III. Chegando ao sumo pontífice Francisco revela a visão que teve em sonho e logo lhe é concedido o favor solicitado para o dia da consagração da capela. Chegado o dia da Consagração da Porciúncula, Francisco proclamou a indulgência dizendo: “Eis o que mais me agradaria seria poder mandar-vos todos ao Céu, eis que proclamo uma indulgência recebida por mim, pela boca do papa, para todos aqueles que vierem a essa igreja nessa data. Terão a remissão de todos as penas temporais devidas a seus pecados.” Assim a porciúncula tornou-se um dos grandes santuários da Terra. Celebra-se no dia 02 de agosto nas igrejas franciscanas o Perdão de Assis, festa de Nossa Senhora dos Anjos.
O Perdão de Assis nos traz hoje a vida em misericórdia, na acolhida e no amor em tempos que a propagação do discurso de ódio, racismo, homofobia, machismo, misoginia e outros males que espalham-se de forma viral e inconsciente em nossa sociedade. Nós franciscanos devemos retornar a Assis, a pequena Porção, a porciúncula e sermos instrumentos de misericórdia, amor e perdão a todas as nossas irmãs e irmãos que padecem em meio a tantas tribulações.
ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DOS ANJOS

Ó Nossa Senhora dos Anjos, na pequena Igreja da Porciúncula,
São Francisco recebeu as vossas bênçãos generosas juntamente com sua Ordem. Ele depositara na vossa presença materna uma grande confiança e devoção, sendo atendido em seus pedidos. Continuai a dispensar os vossos favores sobre nós e sobre nossas necessidades particulares.
Nós vos suplicamos, dai-nos a graça da penitência dos pecados, a correção de nossas más inclinações e fortalecimento nos momentos de fraqueza. Quantos recusam a salvação e preferem caminhar nas trevas do erro! Tudo é possível para aquele que crer, para aquele que se arrepender! Vós, ó Mãe, manifestastes a São Francisco o grande desejo de reconciliar os pecadores com Jesus, que se entregou em uma cruz para nos salvar. Rogai por nós, agora e na hora de nossa morte. Por isso, com todos os anjos do céu, vos saudamos: Ave Maria …
Rogai Por nós Virgem Mãe e rainha da ordem Franciscana.


Frei Christian Rodrigues da Silva Junio, OFM

                                                         
(Momento de partilha e reflexão do evangelho e do texto.)
Reviver o perdão com a mesma audácia com que São Francisco o celebrou no Cântico das Criaturas, num momento crítico de divergências nas relações humanas: “Louvado sejas, meu Senhor, pelos que perdoam por teu amor, e suportam enfermidades e tribulações. Bem aventurados os que as sustentam em paz, que por ti, Altíssimo, serão coroados”.

Música:
"Nossa Senhora dos Anjos"
 Frei Florival & Coral Palestrina
Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=KOzqW4JzCYw
1. Santa Maria da Porciúncula, Imaculada, Mãe e Rainha Com São Francisco e Santa Clara, Nós aclamamos Nossa Senhora.
2. A natureza desfigurada, Pelo pecado desfalecida, Por Deus, Maria Imaculada, Rejuvenesce por toda vida.
 Ref.: Senhora dos Anjos, da Conceição, Ampara o mundo com poderosa mão. Imaculada, Deus a queria, Podia e fez, Santa Maria.
3. De Deus no mundo torna-se a porta Para o pecado jamais aberta Aos filhos teus ao bem exorta, Ampara a todos, Mãe sempre alerta.

Preces:
Façamos nossa oração pedindo que São Francisco interceda por nós para que sejamos sinais humildes de perdão e instrumento de misericórdia, rezemos:
D. Senhor, dai-nos a graça de vivermos de acordo com os ideais de Francisco, expressos em torno da igreja de Santa Maria dos Anjos da Porciúncula,
T. Nós vos damos graças. Dai-nos Senhor, o espírito da santa oração e devoção.
D. Em torno da Porciúncula, Francisco viveu os ideais de fraternidade com seus primeiros companheiros.
L. Pai Santo, fazei que sejamos verdadeiramente irmãos e irmãs segundo o evangelho nas nossas fraternidades e com todos os homens e mulheres.
T. Fazei que vivamos no dia-a-dia como irmãos e irmãs em Cristo Jesus, nosso irmão maior.
D. A partir da Igreja de Santa Maria dos Anjos da Porciúncula Francisco enviava seus irmãos em missão.
L. Pai Santo, enviados em missão, possamos testemunhar e anunciar o Cristo pobre e crucificado.
T. Que retornemos sempre ao espírito da Igreja de Santa Maria dos Anjos.
D.  Foi Junto à igreja da Porciúncula que Francisco iniciou sua vida de penitência.
L. Pai santo, que os franciscanos do mundo inteiro renovem todos os dias sua vida de conversão evangélica, a exemplo de Francisco.
D. Igreja da Porciúncula Francisco cultivou uma terna devoção à Mãe de Deus, Maria.
L. Pai santo que a mãe de vosso Filho seja para todos modelo de vida segundo o Santo Evangelho.
T.  Por sua intercessão, possamos imitar as suas virtudes, ser dóceis à vossa palavra e sentir-nos envoltos em seu manto como Protetora e Advogada nossa junto de vós.
D. Guiados pelo Espírito de Jesus e iluminados pela sabedoria do Evangelho, ousamos dizer:
T. Pai nosso...


Oração final
Ave Maria...

Referências:
- Fontes Franciscanas
- “Francisco de Assis” Desclée de Brouwer
- Frei Lenivaldo, OFM
- Material Formativo sobre o Perdão de Assis – CFFB

Frei Christian Rodrigues da Silva Junio, OFM
Assistente espiritual Fraternidade Rosa de Viterbo, Betim/MG

Joice Fátima de Oliveira
Fraternidade Perfeita Alegria, Carmo do Paranaíba/ MG
Secretária Regional de Formação- Sudeste I

Sthefania Gonçalves Pires Cruz
Fraternidade Santo Antônio, Divinópolis/ MG.

Sobre Juventude Franciscana JUFRA) do Brasil

A Juventude Franciscana (JUFRA) é uma proposta de vivência cristã destinada a jovens que, por vocação, carisma ou índole, se comprometem com o ideal de vida inspirado na espiritualidade franciscana A JUFRA é, ou deve ser, um monte de gente nesse mundão a fora, que tomou consciência de que: primeiro, deve esforçar-se para melhorar o mundo; segundo, que a melhora do mundo começa a partir de si mesmo; e que é preciso no mundo uma escola que ajude as pessoas a tomarem consciência disso. (Essa escola é a própria JUFRA) A JUFRA tem estilo e características próprias. Por isso nessa fraternidade de jovens, os jufristas assumem todos os deveres e, por conseguinte, gozam de todos os direitos inerentes ao compromisso franciscano de vida secular Segundo o Estatuto da JUFRA do Brasil, ela é uma associação civil com caráter e objetivos dentro exclusivamente dos campos Religioso, Educacional e Social.

Nenhum comentário: