Blog de Formação

Santa Maria do Ano Novo



By  Juventude Franciscana JUFRA) do Brasil     16:17     

1º de janeiro de 2014
Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus
Números 6, 22-27;  Gálatas 4,4-7;  Lucas 2, 16-21
 
SANTA MARIA DO ANO NOVO

            Estamos vivendo as primeiras horas do ano novo de 2014.  Hoje é dia Santa Maria, Mãe de Deus.  A mulher que está no presépio é a Mãe de Deus feito carne, feito homem, feito história. Uma mulher pode ser chamada de Mãe do Altíssimo.

            Uma homilia atribuída a Santo Agostinho diz belamente: “Os profetas pregaram que o Criador do céu e da terra iria aparecer na terra entre os homens;  o Anjo anunciou que o Criador da carne e do espírito viria na carne. João saudou-o desde o seio do Salvador, e que estava também no seio; o ancião  Simeão reconheceu a Deus no menino que não falava; a viúva Ana e a Virgem Mãe”.

            Na realidade contemplamos hoje a figura de Maria, Mãe de Deus.  Aquele que o universo não podia conter, aquele que é saudado com adoração pelos espíritos mais puros, aquele que não tem limites, entra no limite do seio de Maria, é amamentado pelos seus seios e guiado por sua mão. Hoje é festa da Mãe Deus.

            “O Emanuel foi rebento deste mundo que outrora ele havia criado, aparecendo como um recém-nascido, ele que era Deus antes da eternidade; recostado em uma manjedoura, excluído do habitat comum, então veio para preparar moradas eternas. Confinado a uma gruta e apontado por uma estrela, cumulado de presentes pelos magos e pagando o resgaste do pecado, carregado nos braços de Simeão e abraçando o universo pela extensão de sua potência divina, visto como um infante pelos pastores e reconhecido como  Deus  pelo exército dos anjos que cantavam sua glória no céu, a paz sobre a terra, a benevolência  de Deus para os homens” (São Basílio de Selêucia).

            Maria é a mãe do príncipe de paz.  É bom ouvir a bênção do Livro dos Números lida com primeira leitura, bênção tão próxima da bênção de São Francisco:  "O Senhor te abençoe e te guarde! O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face e se compadeça de ti! O Senhor volte o seu rosto para ti e  te dê a paz”. É nossa bênção de Ano Novo.

            Maria do Ano novo, colocada diante de nós nesse primeiro de janeiro, quer nos inspirar um modus vivendi para os tempos de 2014:

 * Maria é aquela que faz a vontade de Deus, é a serva sempre aberta ao que o Senhor quer;
 * é aquela que gosta de levar as coisas que ouve ao fundo do coração;
 * é aquela que se torna morada de Deus.

             Inspirando-se em Maria, às portas do Ano Novo, os cristãos verdadeiros se comprometem:

* a buscar a vontade de Deus em sua vida, na família e no seio da Igreja;
* a fugir de toda  superficialidade levando as coisas de Deus ao fundo do coração;
* a levar uma vida digna e nobre para serem tabernáculos do Altíssimo.

Frei Almir Ribeiro Guimarães, OFM



Sobre Juventude Franciscana JUFRA) do Brasil

A Juventude Franciscana (JUFRA) é uma proposta de vivência cristã destinada a jovens que, por vocação, carisma ou índole, se comprometem com o ideal de vida inspirado na espiritualidade franciscana A JUFRA é, ou deve ser, um monte de gente nesse mundão a fora, que tomou consciência de que: primeiro, deve esforçar-se para melhorar o mundo; segundo, que a melhora do mundo começa a partir de si mesmo; e que é preciso no mundo uma escola que ajude as pessoas a tomarem consciência disso. (Essa escola é a própria JUFRA) A JUFRA tem estilo e características próprias. Por isso nessa fraternidade de jovens, os jufristas assumem todos os deveres e, por conseguinte, gozam de todos os direitos inerentes ao compromisso franciscano de vida secular Segundo o Estatuto da JUFRA do Brasil, ela é uma associação civil com caráter e objetivos dentro exclusivamente dos campos Religioso, Educacional e Social.