Blog de Formação


By  Juventude Franciscana JUFRA) do Brasil     13:04     
FORMAÇÃO FRANCISCANA
A SERVIÇO DO EVANGELHO E DA FRATERNIDADE- Uma Proposta Franciscana



A caminhada franciscana, enquanto serviço, deve ser pautada pelo Evangelho nas dimensões concretas da vida. Em todo o seu peregrinar, São Francisco e Santa Clara de Assis harmonizaram muito bem essas dimensões. Para eles era impossível separar o Evangelho da vida e vice-versa. Portanto, quando falamos de serviço evangélico e de fraternidade evangélica precisamos ter diante de nós, franciscanos e franciscanas, a compreensão de que estamos servindo a Jesus Cristo e à Fraternidade, que abrange a comunidade de irmãos e irmãs, a igreja-povo de Deus, a sociedade humana e a ecologia.
A palavra fraternidade está ligada ao conceito de união entre irmãos, amor ao próximo e boa inteligência entre os homens, harmonia.  Deste modo, podemos entender que não há fraternidade sem irmãos e tampouco estes sem aquela. Ambos são indispensáveis para que o serviço ao Evangelho seja eficazmente situado. Tanto São Francisco, como Santa Clara, apreenderam o verdadeiro sentido da fraternidade e, principalmente, aprenderam a ser irmão e irmã na relação fraterna e no empenho das obrigações cotidianas. O itinerário dos dois compreendia as diferentes dimensões da vida religiosa: oração, formação, relação fraterna, trabalho manual, cuidado dos irmãos e irmãs sadios e doentes, comunhão eclesial, missão, etc

A fraternidade franciscana buscava a todo tempo a perfeição, todos se colocavam na mais absoluta pureza, demonstravam o que realmente eram sem adornos. Sendo assim, São Francisco tinha uma visão muito nítida das capacidades de cada um dos companheiros. Acolhia indistintamente a todos como “dom” de Deus (Test 14), os observava com o coração amoroso e com eles queria fazer a singular experiência evangélica. Nessa atmosfera, o Santo de Assis em sua sabedoria aprendeu que a “fraternidade perfeita” correspondia à soma qualitativa dos dons e virtudes dos irmãos. Assim, depois de uma percepção profunda dos próprios valores, destacou de cada um deles os aspectos de significativa importância para o amadurecimento pessoal e fraterno, e conseguia extrair deles o que haviam de melhor a oferecer. Entendemos que a fraternidade é servida no compartilhamento dos talentos de todos e se expande no serviço ao Reino através dos dons colocados em prática.
Sendo assim, ao viver em fraternidade devemos abrir os nossos corações na forma mais simples para apresentar-nos como somos de fato, deixando reluzir aquilo que temos de mais  puro em nós. Quando apresentamos desta forma, sem enfeites e marcaras, e nos colocamos a observar com prudência o irmão e a nós mesmos conseguimos perceber os dons que devem ser ofertados no cotidiano a fraternidade.

Adaptação do texto encontrado em: capuchinhosbc.org.br/a-servico-do-evangelho-e-da-fraternidade-uma-proposta-franciscana.html#sthash.GCwtyu5K.dpuf


Larissa Lima
                                                                            Secretária Regional de Formação - SE 1(MG)

Sobre Juventude Franciscana JUFRA) do Brasil

A Juventude Franciscana (JUFRA) é uma proposta de vivência cristã destinada a jovens que, por vocação, carisma ou índole, se comprometem com o ideal de vida inspirado na espiritualidade franciscana A JUFRA é, ou deve ser, um monte de gente nesse mundão a fora, que tomou consciência de que: primeiro, deve esforçar-se para melhorar o mundo; segundo, que a melhora do mundo começa a partir de si mesmo; e que é preciso no mundo uma escola que ajude as pessoas a tomarem consciência disso. (Essa escola é a própria JUFRA) A JUFRA tem estilo e características próprias. Por isso nessa fraternidade de jovens, os jufristas assumem todos os deveres e, por conseguinte, gozam de todos os direitos inerentes ao compromisso franciscano de vida secular Segundo o Estatuto da JUFRA do Brasil, ela é uma associação civil com caráter e objetivos dentro exclusivamente dos campos Religioso, Educacional e Social.

Nenhum comentário: